terça-feira, julho 8

Domingo teve show da Luciana Mello. De graça, muito importante. Por incrível que pareça, tava cheio, mas bem menos que no show do Vercilo que eu fui ano passado, também de graça, no mesmo shopping. Eu acho curioso esse negócio de show de graça. Porque sempre me dá a impressão de que no mínimo 90% daquelas pessoas eram de gente comum, que tava passando por ali, viu uma pessoa de cabelo esquisito (pq artista que é artista ou não temcabelo ou tem cabelo bizarro. Mas isso é outro assunto) em cima de um palco pulando e se esgoelando com mais meia dúzia e resolveu parar pra saber se o rapaz de sapato vermelho em cima do palco tava tendo um ataque e precisando de ajuda. Aí elas percebem que aquilo é música e, bem, já que tão lá mesmo, resolvem ficar até o final. Nos outros 10%, fãs histéricos e gente que não tinha mais o que fazer na tarde de domingo, era de graça mesmo e já que a menina canta bem.. Pois é, tô no último grupo.

E lá fomos nós, eu e Talitinha, companheira fiel de showzinhos diversos. Quando a filha do Jair Rodrigues subiu no palco, Talita e eu nos olhamos e o pensamento foi o mesmo: puta-que-pariu, que mulher linda. E alta. Sinceramente, a menina é muito bonita mesmo. Aí ela começou a cantar. Cacete, a voz também é perfeita. Ô inveja. E ainda é irmã do Jairzinho, por quem eu fui apaixonadissima na infância nos idos da Turma do Balão Mágico (quem é que queria saber do Mike?). E o baterista que ela paquerava descaradamente em cima do palco com umas olhadelas certeiras era um tudo-de-bom. Apesar de que o violonista fazia mais meu tipo, escondidinho no canto esquerdo. É, taí, até a banda dela era bonita. Saco.

Pra completar, nem pra mulher ser uma dessas nojentas pra eu poder sair de lá falando mal dela por alguma coisa. Um doce, simpatia pura. Naturalmente carismática, foi super simpática enquanto tava se apresentando e depois recebeu os fãs pro tradicional tira-foto-dá-autógrafo. Aí eu tive que dizer, né, depois que ela assinou meu cd:
- Puxa, Luciana, brigada.
- Imagina, obrigada a vc.
- Eu preciso dizer que vc é muito mais bonita pessoalmente que pela tv.
- Brigada. Mas eu tô tão mal assim na tv?

Ainda se faz de modesta. Grrr!!!!

Nenhum comentário: