sexta-feira, janeiro 16

Tenho dedicado boa parte do meu tempo inútil de férias a desvendar os mistérios da astrologia. Não, vc não está lendo errado. Nada de quasares ou da missão à marte. Tô falando daquela baboseira mesmo de ver o destino pelos astros ou decifrar a personalidade das pessoas baseando-se simplesmente na soma dos números que formam sua data de aniversário. Resumindo, tô falando de futilidade mesmo. É tudo que eu quero nessas férias: deixar meu cérebro atrofiar por 3 meses e depois, se der, vê-lo pegar no tranco no final de março. Qualquer coisa viro hippie, mas isso já é outra história.

Pois bem, cá estou eu entretida com a influência da posição da lua e dos astros em geral no desenvolvimento da vida de uma pessoa. E, pasmem, não é isso que me intriga mais. Quer dizer, eu até sou capaz de aceitar, depois de bastante esforço, diga-se de passagem, que, sei lá, faça mesmo diferença se o sol estava na quinta casa de urano ou na décima-nona casa de júpiter na hora de seu nascimento. O que eu não consigo entender é pq diabos essas coisas nunca dão certo comigo. E eu até que acho que estou sendo bem razoável. Nem toquei no ponto do horóscopo aqui. Tô falando daquelas análises de personalidade e afins.

No fundo eu morro de inveja dos "sagitarianos convictos" ou dos "piscianos típicos". Conversando com uma colega de trabalho outro dia sobre atitudes em determinadas circunstâncias, ela, leitora assídua e profunda estudiosa do assunto, me perguntou: "Vc é de Virgem, né?". Vcs não imaginam o quanto foi frustrante. "Pq esse é um comportamento típico dos virginianos." Ora bolas, eu sou Aquário. Ou não... Já cheguei até a cogitar a possibilidade de terem errado no meu registro de nascimento e quem sabe eu venha comemorando meu aniversário no dia errado desde então. Já fui confundida com leoninos, capricornianos, até taurinos. Daí tudo bem, vai ver uma das características do meu signo é a capacidade de mimetismo. E ainda tem o lance do ascendente, posição da lua, tarot cigano e runas.

Pois bem.

Ascendente em Peixes
O Seu corpo físico ou a sua personalidade aparente.

Temperamento linfático, de Água. Possui uma tendência artística e sonhadora, um pouco boêmia. A estatura é mediana, ou até mesmo baixa, o corpo mole e carnudo. Tem tendência à retenção de líquidos. O rosto é pálido, de aparência linfática, sem vivacidade e como que adormecido. A testa é alta, e o olhar ausente ou sonhador. Os olhos muitas vezes azuis, são úmidos, saindo ligeiramente da órbita, sem uma grande expressão. (Lembram os olhos dos peixes). O nariz é chato, os cabelos castanhos claros e finos. Os membros são curtos e grossos, lembrando as nadadeiras dos peixes, os ombros são espessos mas arredondados, conferindo um aspecto pouco imponente, especialmente no homem. Muitas vezes a pessoa anda como que se balançando um pouco, como um pato.


Balanço: corpo mole, olhos de peixe morto, nariz chato e andar de pato ninguém merece. E já vou adiantando que, até onde eu saiba, não sou assim não. Daí fui verificar minha personalidade baseada na numerologia do nome. Lá vai:

Seu número de destino é 2

Sensíveis, intuitivos, românticos: assim são os que têm o 2 no nome, e dessas qualidades vem o seu maior encanto. Graças à sua intuição, eles possuem um conhecimento que vai além do aqui e agora, algo entre o mágico e o divino. No dia-a-dia, adoram cooperar e partilhar idéias. Com facilidade em lidar com o próximo, são bons administradores e gostam de ensinar o trabalho aos seus subordinados. No amor, seu romantismo exagerado às vezes os coloca numa posição de expectativa, aguardando a aprovação para seguir adiante. Curtem um amor à moda antiga, com muitas flores, carícias e beijos.


Tava começando a melhorar. Esse pelo menos não me esculhambou. Bom, eu tenho tentado horóscopo cigano, chinês, asteca, cruz de celta, cristais, gnomos, i-ching. O fato é que de um lado me dizem romântica, do outro eu prefiro relacionamentos abertos. Criativa, retraída, sensual, racional, egoísta, charmosa, agressiva. Céus, eu sou uma contradição ambulante.

(Pausa)

Deve ser por isso que nunca acreditei nessas coisas...

Nenhum comentário: