domingo, abril 4

Eu acho que não existe gente boa no mundo. Sério. Ok, não sejamos tão radicais. Mas pessoas boas também podem ser más. O que estou querendo dizer é que pessoas boas também mentem, enganam, trapaceiam. E, especialmente, pessoas boas enganam pessoas boas. Assustador, não acham?

E eu tô puta. E frustrada. E triste pra cacete. Pq eu queria um mundo dividido que nem novela mexicana, onde as pessoas são feitas de extremos. Meio sem graça, admito, mas pelo menos a gente saberia o que esperar de mocinhos e bandidos. O que me mata é não saber. É esperar uma coisa, achar que tá vendo outra; não ter certeza, querer acreditar, mas não conseguir...

Eu não tenho mais o mesmo olhar puro de antes.

Nenhum comentário: