segunda-feira, agosto 23

Com que mentira abriste meu segredo?
De que romance antigo me roubaste?
Com que raio de luz me iluminaste
Quando eu estava bem, morta de medo?

Soneto - Chico Buarque

Nenhum comentário: