quinta-feira, outubro 14

Ele: E como anda o mestrado?
Eu: Me enlouquecendo, acho...
Ele: Normal. Tende a piorar...
Eu: Bastante animador, aliás.
Ele: Super. Mas é preferível ser realista, né?
Eu: Sei não, viu? Se pudesse, alienava e vivia na fantasia.
Ele : É uma possibilidade deveras interessante. Eu passei da idade de viver como caiçara em Ilha Grande, mas ainda dá tempo de juntar uma grana e partir com fúria pra lá e abrir uma pousada...
Eu: Tá vendo. Algo pra se pensar. Eu sou cheia de boas idéias. Eu podia fingir que não tô entendendo o que está acontecendo, não ir mais à faculdade, desistir de vida acadêmica e viver dependendo dos meus pais pra sempre. Com o dinheiro do cinema de final de semana eu seria feliz.
Ele : Acho que seus pais não iam gostar muito da idéia...
Eu: Eu ia estar fazendo cara de louca, eles não têm que gostar de nada.
Ele: Ah, tá.

Nenhum comentário: