terça-feira, fevereiro 8

Então tá. Vejam se vcs entendem, pq eu não sei bem se eu entendi direito. Era domingo, cerca de meia-noite, chovia muito e eu estava indo deixar o moço em seu lar. Eu sei que parece mentira, mas não é. Daí, no caminho, diálogo:
Ele: Pôxa, me deu vontade de fazer uma coisa..
Eu: Coisa? Que coisa?
Ele: Não sei.
Eu: Puxa, é uma pena, a essa hora talv...
Ele: Tá, tudo bem. Acho que era tomar sorvete.
Eu: Como?
Ele: É, acho que me deu vontade de tomar sorvete.
Eu: Tsc.. Sorveteria é o que eu acho mais difícil de a gente encontrar aberto...
Ele: É..
Eu: Se vc quiser nós podemos passar no supermercado e..
Ele: Não, tudo bem, fica pra outro dia.
Eu: ...
Ele: ...
Chegamos em nosso destino. Com o carro estacionado, mais uma hora de conversa fiada até a chuva diminuir. Boa noite. Boa noite. Tchau.

Em tempo: Por que será que contando e relendo agora eu tô me sentindo meio tosca?

Nenhum comentário: